MACUNAÍMA – A ESTÉTICA TROPICALISTA NO FILME DE JOAQUIM PEDRO DE ANDRADE

Carlos André Carvalho

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar como se dão as convergências estéticas entre a transposição para o cinema do livro Macunaíma – O herói sem nenhum caráter, de Mário de Andrade (1928), por Joaquim Pedro de Andrade, realizado em 1969, e o Tropicalismo, movimento de ruptura que causou profundas mudanças no ambiente da música popular e da cultura brasileira entre 1967 e 1968. O trabalho está dividido em três partes: A transposição da obra literária para o cinema, Os ecos do Tropicalismo em Macunaíma e Considerações finais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.