RESENHA DE “MANOEL DE OLIVEIRA, O CINEMA INVENTADO À LETRA”, DE ANTÓNIO PRETO.

Ivo Di Camargo Junior

Resumo


Neste trabalho pretende-se trazer ao conhecimento do leitor uma obra ímpar nos estudos que envolvem a teoria cinematográfica a conceitos literários em âmbito de assuntos relacionados a Portugal. Será abordado as diversas formas de relação entre a literatura, cinema e teatro, utilizando o magistral cineasta português Manoel de Oliveira como embasamento teórico e prático nas discussões.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.