MOULIN ROUGE: UM ENSAIO SOBRE A ESTÉTICA E CONSTRUÇÃO DAS IDENTIDADES DOS SUJEITOS

Marino Albrecht Junior, Éderson de Oliveira Cabral, Marinês Andrea Kunz

Resumo


Este trabalho apresenta uma análise dos aspectos estéticos e das identidades dos sujeitos na narrativa fílmica Moulin Rouge: amor em vermelho. Para a esfera fílmica, foram utilizadas obras de Jacques Aumont (1995), Raymond Bellour (1979), Marcel Martin (2011), Christian Metz (2014) e Francis Vanoye e Anne Goliot-Lété (2012) como aporte teórico e, para o âmbito das identidades, foram utilizadas as obras de Homi Bhabha (1998) e Stuart Hall (2006). Este trabalho é uma pesquisa descritiva e o método de abordagem utilizado é o indutivo. A análise desses aspectos resulta na evidência de inúmeras referências e recursos utilizados com a finalidade de gerar efeitos de sentido na narrativa fílmica, além de mostrar não somente as dramáticas identitárias, os ideais almejados e defendidos, como o hibridismo cultural das personagens da obra.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.