ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE MAURICE SENDAK E SPIKE JONZE EM ONDE VIVEM OS MONSTROS

Juliana Macedo Silva, Maria Eugênia Curado

Resumo


Discutir as relações comparativas entre personagens da literatura com o cinema é, sem dúvida, algo polêmico, sobretudo por se tratar de duas mídias com técnicas narrativas distintas – relativas à construção de espaço, tempo, personagem, desenvolvimento e tantas outras questões literariamente consideráveis – porém, ainda há pontos que ambas as artes se aproximam. Tendo em vista tal problemática, o presente estudo visa apontar as relações de semelhanças e diferenças entre o personagem Max, da obra Onde vivem os monstros(1963), com o filme homônimo de Jonze (2009).Para tal, teremos como base teórica na literatura fundamentos de Candido (2007); Brait(2007); Costa(2006); Roselfeld (2007) e no cinema, Gomes (2003); Xavier (2003); Martin (1990); Pellegrini (2003) dentre outros estudiosos. Assim, abordaremos a sobreposição da obra literária com o filme homônimo, questões concernentes à construção da personagem, discutindo tensões relativas à adaptação literária para mídia audiovisual. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.