A ESTRUTURA NARRATIVA DOS ROTEIROS DE CHARLIE KAUFMAN

Denize Araujo, Marcos De Bona de Carvalho

Resumo


Apesar de reconhecido principalmente por sua originalidade, Charlie Kaufman usa conceitos da narrativa clássica ao escrever seus roteiros. Pontos fundamentais como o incidente incitante, midpoint, pontos de virada e clímax sempre aparecem em suas obras, muitas vezes utilizados de forma mais convencional, outras com notável singularidade. Neste trabalho analisarei seu primeiro roteiro: Quero ser John Malkovich, observando como o roteirista usa os pontos supracitados. A fim de embasar esses conceitos recorrerei a estudos de autores consagrados como Syd Field, Robert McKee, Christopher Vogler e Jill Chamberlain.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.