LEVI SALGADO E SEU CINEMA QUEER: CARACTERIZAÇÃO DOS MASCULINOS EM SUA FILMOGRAFIA

Leonardo Mercher

Resumo


O presente artigo busca resgatar o olhar de gênero de Levi Salgado em sua filmografia, dando ênfase na análise dos masculinos em sua primeira fase criativa, de 1979 a 1986, como nos filmes Os rapazes das calçadas e Punks – os filhos da noite. A partir das narrativas das personagens e das ambientações aplica-se a análise fílmica da caracterização sobre as interseccionalidades de gênero, seguindo sempre a perspectiva teórica queer. Além da organização da filmografia de Levi Salgado, alguns dos principais resultados obtidos apontam para padrões de caracterização, como o homem cisgênero branco homossexual subversivo e o homem cisgênero branco heterossexual/bissexual enquanto principal objeto de desejo, mesmo que defensor da heteronormatividade. Dessa forma, a filmografia de Levi Salgado traz importante contribuição para compreendermos os masculinos, suas interseccionalidades, seus valores e comportamentos presentes na cultura queer brasileira dos anos 1980.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.