VÍDEO PARTICIPATIVO E EDUCOMUNICAÇÃO: O VÍDEO PARTICIPATIVO COMO UM PROCESSO EDUCOMUNICATIVO

Iury Matheus Costa Silva, Lílian das Mercês Salvador

Resumo


Desde o surgimento do cinema no final do século XIX, diversos estudos buscam observar as contribuições que as produções audiovisuais podem proporcionar para a construção do pensamento crítico do sujeito. Partindo desta premissa, a Educomunicação surge como um processo que impulsiona a reflexão e ação por parte da sociedade, a fim de promover a democracia, a cidadania e a participação social. Ainda sob essa perspectiva, o Vídeo Participativo (VP) utiliza-se de técnicas cinematográficas para engajar e motivar uma determinada comunidade a solucionarem coletivamente problemas presentes no cotidiano. Dada a falta de fundamentação teórica que apoie o uso do VP, observamos que este pode ser considerado um processo educomunicativo que ocorre quando se é possibilitado a comunidade a capacidade de diálogo e ação


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.